Mordidas ou arranhado de cães e gatos podem causar lesões oculares graves, alerta especialista do setor de oftalmologia

Microbiologia oftalmológica na Policlínica de Botafogo: mais segurança para médicos e pacientes
15 de dezembro de 2021
Exibir tudo

Mordidas ou arranhado de cães e gatos podem causar lesões oculares graves, alerta especialista do setor de oftalmologia

O animais de estimação fazem parte de milhões de lares brasileiros. A Pesquisa Nacional de Saúde de 2019 (PNS) divulgada pelo Instituto de Geografia e Estatística, revelou que em 46,1% dos domicílios tinham pelo menos um cachorro.

Embora essa convivência maravilhosa seja benéfica há a necessidade de cuidados para evitar mordeduras e arranhões. Segundo dados da saúde pública mais de 500 pessoas são atacadas por cães anualmente e boa parte das vítimas são em crianças pequenas, na face e a na região próxima aos olhos (periocular) devido a altura da criança.

Essas lesões podem causar laceração do globo ocular e órbita e, dependendo da gravidade, podem exigir cirurgias nas áreas afetadas (oculoplástica reconstrutivas). A primeira providência a ser tomada é deixar o local da lesão o mais limpo possível, lavando com água ou soro fisiológico para diminuir o risco de infecção e procurar de imediato um médico oftalmologista.

PRESTE ATENÇÃO A LINGUAGEM CORPORAL DO SEU ANIMAL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *